▸ AGENDAMENTO DE CONSULTAS E EXAMES
Além de ser o médico com especial treinamento para os cuidados de saúde da pessoa idosa, o geriatra, sobretudo, cuida de questões relacionadas ao envelhecimento, frequentemente já visíveis por volta dos quarenta anos. Por meio de uma abordagem preventiva e integrativa (centrada na pessoa, valorizando aspectos sociais e psicoemocionais, dentre outros) é possível um adequado controle de doenças crônicas, bem como a promoção de saúde, objetivando o envelhecimento ativo e saudável.

O geriatra habitualmente centraliza os cuidados de saúde do idoso, em um acompanhamento que o permite conhecer bem a pessoa e, assim, auxiliar o paciente, familiares e possivelmente outros médicos em decisões clínicas importantes, com enfoque em qualidade de vida, segurança e respeito à autonomia.

Merece especial atenção a importância do geriatra na assistência a pessoas com síndromes demenciais – dentre as quais se destaca a Doença de Alzheimer – cada vez mais frequentes, acompanhando o envelhecimento populacional global. São condições que demandam delicada e ampla abordagem do especialista. Tratamentos medicamentosos muitas vezes complexos devem ser associados a múltiplas intervenções não farmacológicas individualizadas (como técnicas de comunicação e uso de música), para otimização da funcionalidade, adequado controle de eventuais distúrbios de comportamento e promoção do bem estar da pessoa com demência.

Em qualquer idade ou circunstância podemos dar mais vida à vida.